Uma carta ao meu eu adolescente

By Daniela Silva - dezembro 04, 2016



Querida Daniela Adolescente,

há tanto por te dizer, mas vou começar por te dizer que a Daniela do presente é o inverso do que tu és nesta fase. Para melhor, muito melhor. Claro que tudo o que tu estás a viver e acredita, vem muito pela frente, serviram como aprendizagem e me tornaram a mulher que hoje sou. Por isso, não lhes posso chamar de erros e, não te vou dizer que não os cometas. Mas vou dar-te um conselho: não tenhas medo! Não és tu que estás mal no mundo, mas sim as pessoas que não conseguem aceitar que todos somos diferentes, mas que todos somos seres humanos. Não te cales, não te refugies do mundo e não deixes os teus objetivos pela metade, por quem não sabe valorizar-te. Confia nos teus pais e em Deus. Faz aquilo em que tu acreditas e não ouças a voz do mal, não permitas que te façam mal, nem tu mesmo a ti própria. Não estás sozinha. Deus está sempre lá para te proteger e Ele tem orgulho em ti. Se eu tivesse feito diferente na altura que eu era tu, hoje não vivia com mágoa do que vivi quando eras tu. Sê feliz, sem medos!

Daniela Silva

Espero que tenham gostado da ideia de escrever uma carta ao meu eu adolescente. E se quiserem, façam vocês também. Beijinho

  • Share:

You Might Also Like

12 comentários

  1. Ai adorei a tua ideia
    que giro
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada minha querida. Se quiseres, faz também :)

      Eliminar
  2. Foi uma excelente ideia!
    O nosso presente será sempre marcado pelas nossas escolhas do passado. No entanto, cabe-nos a nós decidir se nos influenciarão em tudo ou não. Erros cometeremos constantemente, temos é que ter capacidade suficiente para aprender com eles.

    r: É uma das músicas que mais gosto :)
    Concordo contigo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas tuas palavras minha querida. Sim, mas acabam sempre por influenciar, quanto mais não seja para não cometermos os mesmos erros. Por muito que eu não goste do meu passado, não os alterava porque me fizeram crescer. Beijinho *

      Eliminar
  3. Lovely post !

    https://pinkfreezeblog.blogspot.it/

    ResponderEliminar
  4. Adorei.
    Fortes palavras.

    Se isso fosse possível de acontecer....

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por um lado, ainda bem que não é possível :) beijinho*

      Eliminar
  5. Eu também mudei muito. A gente sempre está em processo de mudança.
    Boa semana!

    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que todos nós mudamos :) beijinho*

      Eliminar