Tão eu #5

By Daniela Silva - janeiro 27, 2017


Hoje vou despedir-me de vocês para fim de semana, deixando-vos com um sorriso na cara. Vou contar-vos uma peripécia minha que aconteceu no verão de 2015. Ao contrário do que possam pensar, não tive medo. Ri bastante da situação até e espero que vocês também se possam rir com este episódio da minha vida. Vamos lá então :)



Mas, adiante. Foi durante a minha estadia na Ponte da Barca. Já estava deitada com a luz de presença ligada e a ler um livro, quando vejo um vulto preto...para lá e para cá...afastei o livro achando que era uma aranha a descer no fio de teia. Vejo uma coisa parecida com um pássaro, todo preto a voar às voltas no quarto a toda a velocidade...tanta que não consegui ver o que era! Aquilo voava tão descontrolado que quase me bateu na cara. Toquei à campainha para chamar a auxiliar e tapei-me com o lençol.

Deve ter-se assustado com o som porque saiu do quarto em direção ao corredor. Veio a auxiliar:

- diz Daniela...
- estava aqui um pássaro preto, toquei e saiu o para o corredor...

Ela saiu, foi ver aos outros quartos. E voltou para dizer que não estava lá nada, mas no olhar dela dizia: estás a alucinar! Normal, até eu estava a achar isso de mim. Dois minutos depois ouço um alvoroço. Era um morcego e o enfermeiro e uma auxiliar sacudiram-no com almofadas para fora do hospital.

Afinal, estou bem lúcida! Hehe

Bom fim de semana, beijinho*

  • Share:

You Might Also Like

16 comentários

  1. Fogo que cena as vezes nós vemos as coisas e os outros não enfim
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh acontece, o importante é a verdade ser reposta :)

      Eliminar
  2. Animal adorável para se ter como de estimação =P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E era, ahahahah :D não deixava os meus quatro por um morcego

      Eliminar
  3. Já me aconteceu com uma coruja ao entrar no quarto... só que a janela estava aberta e ela foi-se embora. Mas fiquei impressionado com a leveza do voo, sem nenhum ruído, e com a "presença de espírito" da ave, já que, antes de sair, me observou durante talvez 1 segundo, no ar e imóvel, apenas mexendo as asas.
    Daniela, tem um bom fim de semana.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas as corujas são muito queridas, eheh

      Eliminar
  4. Respostas
    1. O susto foi mais pelo jeito que voava. Antigamente havia um na minha rua e nunca atacou ninguém :)

      Eliminar
  5. Está uma pessoa muito descansada e... aparece um morcego para uma visita. Acho que é ótimo :p ahahah

    ResponderEliminar
  6. Amazing post!
    I love your blog!
    I follow you, please, follow me back! :)
    I'm sorry but i'm Polish and I speak Polish :)
    My blog(Click)♥

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hi dear,

      thank you so much! Yes, i follow you too. Xoxo

      Eliminar
  7. Hahaha! Deve ter sido bem cômico, apesar de trágico. Eu já me deparei com vários morcegos em uma casa que eu estava hospedado. Me deu um medo no início!

    O blog está em hiatus, mas tem post novo! É um agradecimento à Kibon. Não deixe de conferir. O JJ volta em definitivo no dia 01 de fevereiro!
    Jovem Jornalista
    Fanpage
    Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ehehheh, assustou-me mais o facto de eles estarem a dizer que eles se agarram aos cabelos e não desprendem, do que o próprio animal kkkkkkkkkk beijinho

      Eliminar
  8. Interesting post and great review. I'm your new followers
    Would you like to follow me back?
    http://anielasv.blogspot.com/

    ResponderEliminar