Uma viagem a dois: Palácio Nacional de Sintra

By Daniela Silva - junho 08, 2017


Há muito tempo que já não vos trago esta rubrica. Para quem não sabe esta rubrica consiste em locais que eu e o meu namorado queremos visitar em conjunto e quem sabe, um dia não seja mesmo possível? Já vos falei no Palácio da Pena e da Quinta da Regaleira, e vamos continuar por Sintra. Desta vez, o destino escolhido é Palácio Nacional de Sintra.


O Palácio Nacional de Sintra, também conhecido com Palácio da Vila, localiza-se na freguesia de S. Martinho, na vila de Sintra em Lisboa. Foi um dos Palácios Reais e hoje é propriedade do Estado português, e é utilizado para fins turisticos e culturais. De implementação  urbana, a sua construção teve inicio no século XIII, apesar de ter sido construido a partir de uma construção da era muçulmana. As suas características são medievais, gótica, manuelina, renascentista e romântica. É considerado um exemplo de arquitetura orgânica, de conjunto de corpos aparentemente separados, mas que fazem parte de um todo articulado entre si, através de pátios, escadas, corredores e galerias. O Palácio foi utilizado pela Família-Real portuguesa, praticamente até ao final da época da Monarquia, em 1910. Em 2008 foi o palácio mais visitado de Portugal!


Remonta a um primitivo palácio que terá sido doado pelo rei João I de Portugal ao conde de Seia, em 1383, logo depois, regressou à posse real. O palácio foi reedificado no século XV, a partir de 1489, quando lhe foi iniciada uma campanha de obras que visaram aligeirar a massa da construção e enriquecer a decoração interior, aplicando-se-lhe azulejos andaluzes.
Nos anos entre 1505 e 1520 ergueu-se a chamada ala manuelina e, em 1508, teve início a construção da Sala dos Brasões. Foi durante o reinado de D. João III edificou-se o espaço entre as alas joanina e manuelina. No século XVII, sob a orientação do conde de Soure, procedeu-se a obras de alteração e ampliação e, entre 1683 e 1706, sob o reinado de D. Pedro II, renovaram-se as pinturas dos tectos de alguns compartimentos. Em 1755 foram realizadas importantes obras de restauro, no seguimento dos danos causados pelo terramoto, e edificada a ala que vai do Jardim da Preta ao Pátio dos Tanquinhos.
Uma nova campanha de decoração foi levada a cabo em 1863. Nos últimos anos do regime monárquico foi a residência de verão da rainha-mãe D. Maria Pia, a última habitante régia do Paço da Vila de Sintra. Aqui tiveram lugar várias recepções oferecidas pela rainha-mãe aos estadistas que visitavam o seu filho, como o Imperador Guilherme II da Alemanha ou o Presidente de França, Émile Loubet, entre outros.
O palácio encontra-se classificado como Monumento Nacional desde 1910. Entre 1904 e 1958 foi servido pelo Elétrico de Sintra, que tinha a sua paragem terminal na praça fronteira à entrada principal.



De planta complexa, organiza-se em "V" e apresenta volumetria escalonada, constituída sobretudo por paralelepípedos, sendo a cobertura efectuada por múltiplos telhados diferenciados a quatro águas.
Aspecto característico deste palácio, rapidamente identificado pelos turistas, é o par de altas chaminés cónicas. O alçado principal está organizado em três corpos, sendo o central mais elevado e recuado relativamente aos extremos. Existe ainda no piso térreo uma arcaria com quatro arcos quebrados, encimada por cinco janelas maineladas e emoludramento calcário. As outras frentes do edifício apresentam um complexa articulação de corpos salientes e reentrantes, destacando-se o volume cúbico da Sala dos Brasões.
Os compartimentos internos reflectem-se em núcleos organizados em torno de pátios. Destacam-se os seguintes: a Sala dos Archeiros, a Sala Moura (ou dos Árabes), a Sala das Pegas, a Sala dos Cisnes e a Sala dos Brasões — que ostenta a representação das armas de 72 famílias nobres portuguesas e dos oito filhos de D. Manuel I —, a Sala das Sereias e a Sala da Audiência.
A capela, de planta rectangular e nave única, tem os muros revestidos por pintura ornamental e tecto de madeira. Na cozinha, são visíveis arranques octogonais das monumentais chaminés. Alguns compartimentos da chamada ala manuelina ostentam emolduramentos de vãos e lareiras em calcário, caracterizadas por decoração em relevo.









Já visitaram este palácio?
Beijinho no coração, fiquem com Deus!

  • Share:

You Might Also Like

20 comentários

  1. Acreditas que toda a minha vida morei em Lisboa e conheço muito pouco de Sintra? É incrível..
    THE PINK ELEPHANT SHOE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito minha linda, também pouco conheço do Porto, mais a minha terra mesmo :) beijinho

      Eliminar
  2. Nossa é bastante bonito para visitar
    adora visitar
    Beijinhos
    CantinhoDaSofia /Facebook /Intagram
    Tem post novos todos os dias

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quem sabe um dia o possas fazer :) beiinhos

      Eliminar
  3. Com muita pena minha, acho que ainda não fui ao Palácio de Sintra mas sem dúvida que quero muito ir!

    Beijocas,
    ANDA DAÍ!

    ResponderEliminar
  4. Olá Dani tudo bem???


    Que lugar lindo adorei e quero muito conhecer!!!


    Beijinhos;
    Débora.
    http://derbymotta.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Portugal é repleto de locais maravilhosos. Acho que ias gostar de conhecer.

      Eliminar
  5. Ainda não visitei, mas quero muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tenho a certeza que um dia vais ter a oportunidade :) :) beijinho

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Olá, tudo bem?

      Muito obrigada, as fotos realmente são fantásticas. E o local deve ser ainda melhor :) beijinho

      Eliminar
  7. Esse por acaso é o único que nos falta ver. De resto, já visitámos tudo.
    O problema mesma que se prende é sempre o valor da entrada. Pedem imenso dinheiro a meu ver.
    Aconselho a visitarem o Chalet da Condessa. Não compensa pagar mais para ver o dito Chalet, mas o jardim é bem bonito.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma pena, o conhecimento é um direito de todos nós. Não devia ser pago, ou cobrarem um preço simbólico. Beijinhos

      Eliminar
  8. Sintra é dos locais mais bonitos em Portugal, é um verdadeiro tesouro! As fotos ficaram incríveis!

    http://ummarderecordacoes.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  9. Sintra, um dos locais que quero visitar sem dúvida !
    Fotos lindas !

    CHICREACTION.com

    ResponderEliminar